Buscar

O que define a geração Z?

A geração Z é um segmento da sociedade que já representa uma parte importante da população mundial. Segundo demógrafos e pesquisadores, essa geração abrange pessoas nascidas entre meados da década dos anos 90 até 2000.

Há alguns meses, foi realizado um estudo pela agência de comunicação aPortada para entender o estilo de vida das mulheres da geração Z, suas preocupações e sua relação com a tecnologia. Participaram deste estudo 1.000 espanholas que fazem parte da comunidade Nicequest de quatro diferentes gerações para comparar os resultados.

Graças às opiniões delas foi possível responder as perguntas como: quais são as causas sociais que mais chamam atenção? Quais são os hábitos de consumo cultural? Quais esportes praticam? O que fazem no seu tempo livre? ? Além de abordar questões como educação, trabalho e futuro.

Nativos digitais

É a primeira geração que nasceu depois da Internet, por isso são hiper tecnológicas e digitais. A tecnologia já faz parte do seu cotidiano e isso afeta os seus hábitos de consumo, sua expressão pessoal e até a percepção de problemas sociais.

 

 

Sensíveis e emocionais

Como já mencionamos, a tecnologia é essencial para esta geração e isso percebe-se na forma como expressam seus sentimentos. É uma geração muito sensível, porque  cresceram compartilhando seus pensamentos, emoções e seu dia-a-dia on-line com as redes sociais. Através de tweets e histórias do Instagram ou Snapchat, os membros da geração Z expressam sua verdadeira identidade, suas emoções e até suas inseguranças. Autenticidade é uma palavra que define essa geração. Seus perfis de mídia social são um espelho de sua realidade e da versão mais verdadeira de si mesmos.

 

Novos criadores

Dizem que esta geração é uma das mais criativas que já existiu antes. Nascida com a Internet e com todas as informações ao seu alcance, a geração Z usa esses recursos de toda parte do mundo e recriam coisas novas, em vez de começar do zero. Um bom exemplo disso são os memes.

 

 

Conscientes de causas sociais

É uma geração comprometida e realista. Eles se caracterizam por terem opiniões fortes e expressarem suas vozes sobre questões sociais e injustiças. Usam seu grande alcance em seus perfis on-line para criar comunidades, dialogar, conscientizar e influenciar sobre causas sociais. 

A geração Z está redefinindo identidades de gênero e padrões de beleza. Resistem à categorização tradicional e as etiquetas impostas pelas gerações anteriores.

O conceito influencer está muito presente na vida das Mulheres Z.

 

As mulheres da geração Z são mais feministas do que o resto das gerações.

 

Música e redes sociais

A música desempenha um papel muito importante para cada geração, no entanto o consumo de música da geração Z está especialmente ligada às redes sociais. Os usuários seguem amigos, compartilham músicas e playlists. Como em outras plataformas sociais como o Instagram, Facebook ou Twitter ajustam seus algoritmos para mostrar as informações mais relevantes de acordo com seus interesses, assim como nas plataformas de música online, como Spotify. A tecnologia permite uma infinidade de opções para escolher e é  por isso que essa geração escuta diversos gêneros musicais e descobre novas músicas e artistas, algo não tão comum nas gerações anteriores.

 

Viajantes 

Os da geração Z valorizam as experiências mais do que coisas materiais e são apaixonados por viajar e descobrir o mundo. Graças ao surgimento de companhias aéreas de low coast, foi democratizada a viagem para muitos lugares de forma mais econômica do que anos atrás. Por isso que os Zs estão sempre planejando sua próxima viagem.

Entre todas colaboradoras das quatro gerações, as da Geração Z são as que mais se identificam com as viagens.

 

Gostou deste artigo? Já conhecia a geração Z? Compartilhe conosco o que você pensa nos comentários!

Adicionar um comentário

*

  1. Lília Kássia Rodrigues da Silva | 14 November, 2019

    A geração Z é totalmente ligada a internet, claro que isso tem o lado bom, como o acesso a informações, porém, a internet também distancia as pessoas.

  2. mirian de oliveira jovino da silva | 17 October, 2019

    A Geração Z, não conhece um mundo que não seja o digital e, são a geração mais diversa da história do país em termos raciais, étnicos etc..

  3. Bea | 15 October, 2019

    A geração Z, o que falar sobre ela? Sempre tão polêmica em relação a alguns assuntos. O difícil são os mais velhos aceitarem a nova geração.

  4. Vanessa | 8 October, 2019

    muito bom mesmo o artigo!!

  5. Ivo gabriel | 7 October, 2019

    Que a geracao z e uma geracao bem diferebte das outras ela foi criada apartir do avanco da tecnologia
    O mundo muda os conceitos do musica do estilo

  6. virginia | 1 October, 2019

    Não conhecia esta classificação de geração, contudo conheço alguns destes jovens e fico perplexa porque vejo também um retrocesso de mentalidade

  7. Cesar | 19 September, 2019

    mt bom

  8. Luis Andre Da Silva Machado | 13 September, 2019

    não sou dessa ano mas adorei o artigo

  9. Luis Andre Da Silva Machado | 13 September, 2019

    Não so dessa ano mas gostei do artigo

  10. Juliana | 12 September, 2019

    low cost
    Excelente artigo.

  11. LOLA PORSCH | 12 September, 2019

    CONCORDO E DISCORDO CEM PORCENTO

  12. PRISCILA SANTANA | 4 September, 2019

    Eu sou de 85 tbm e me identifiquei demais com a geração Z! Autenticidade é comigo mesmo ! Adorei o Artigo.

  13. SAMARAH JESSIKA GONCALVES FERNANDES | 3 September, 2019

    Muito bkm

  14. williamis lyra | 2 September, 2019

    Atingo bem explicando

  15. Itaciria | 29 August, 2019

    Eu nasci em 1985 , mas me sinto muito geração Z, por que foi na década de 1990 que eu cresci e descobri tudo. Amo tecnologia, amo de mais viajar, etc.

Topo