Buscar

Ajude a proteger os Chimpanzés do Senegal da extinção

Os membros da Nicequest também podem ajudar a proteger os chimpanzés no Senegal contra a extinção. Neste post, você aprenderá mais sobre quem é Jane Goodall e a história por trás dessa campanha de doação.

 

A história de Jane Goodall

Desde a sua infância, Jane amava a natureza. Ela adora passear ao ar livre, descobrir coisas novas e ler sobre as aventuras de exploradores na floresta. Assim ela começou a imaginar como seria estar numa floresta de verdade. Um de seus livros favoritos quando criança era Tarzan, e por causa deste livro, ela decidiu que queria ver os chimpanzés. Mesmo que outras pessoas lhe dissessem o contrário, no final, ela acabaria realizando seu sonho.

 

Protection of chimpanzees in Senegal
Contribua para a proteção do chimpanzé da África Ocidental, uma subespécie em perigo de extinção 

Em 1957, graças ao apoio de sua amiga, Jane conseguiu viajar para a Tanzânia. Lá ela estudou chimpanzés por mais de 5 anos e descobriu a sua paixão. Depois de passar anos estudando chimpanzés, em 1986, Jane decidiu se tornar ativista e proteger esta espécie, cujo habitat era continuamente ameaçado. Alguns anos depois, nasceu o Instituto Jane Goodall.



Sobre o Instituto Jane Goodall

O Instituto  cresceu a ponto de não se dedicar apenas à proteção dos chimpanzés na reserva da Tanzânia, mas também protege um total de 3,5 milhões de acres espalhados por toda a África (um total de 3.759,45 km2). Além disso, esta organização não só ajudou os chimpanzés, mas também um contribuiu com 130 comunidades, incluindo o investimento na escolarização de meninas e mulheres na área, ajudando um total de 900 mulheres a retornarem à escola.

O Instituto tem inúmeros projetos em todo o continente africano 

 

Jane Goodall está atualmente trabalhando para a proteção dos chimpanzés em todo o mundo. Por causa dela, de todos os participantes de sua organização e de todos os membros da Nicequest que contribuem doando, as espécies de chimpanzés e seu habitat estão cada vez mais protegidos, impedindo a sua extinção e reduzindo o desmatamento das florestas na África. É incrível como tão pouco pode fazer tanta diferença!

 

Quer participar?

Na Nicequest, te damos a oportunidade de doar os seus Caracóis e ajudar a proteger os chimpanzés da reserva do Senegal. Com os seus Caracóis, você contribui para melhorar o habitat desta espécie, prevenir a sua extinção e promover a proteção das florestas para evitar o desmatamento. Visite a seção de doações do nosso site para doar.

Deseja participar ainda mais deste projeto? Não se preocupe, você pode doar quantas vezes quiser! Além disso, também pode contribuir para outros projetos como este e multiplicar solidariedade para os que mais precisam.

 

E você, o que achou da história de Jane? Já participou de algum dos projetos de doação da Nicequest e quer compartilhar conosco? Escreva pra gente! 

 

Fica a Dica: Inscreva-se no nosso blog para ler mais histórias como esta! 

Que tipos de doação você prefere ajudar?

Loading ... Loading ...

Adicionar um comentário

*

  1. joice | 14 September, 2018

    Bela história.
    As contribuições independente de valores fazem uma tremenda diferença; somadas a participação de muitos, atingem resultados super positivos em prol de qualquer causa.
    Obrigada por compartilharem esta bela história.

  2. PATRICIA | 14 September, 2018

    MUITO BACANA

  3. Erika luanne | 8 September, 2018

    Eu gostaria de ajudar qualquer tipo de calsa solidária, só que os países mais pobres tem crianças morrendo de fome, morrendo sem medicamento, e alguns animais só estão morrendo por hipocresia dos seres humanos.

  4. Virgínia Duarte | 27 August, 2018

    Gosto de ajudar em qualquer um e em qualquer país, embora tenha particular sensibilidade à causa animal. Sobretudo acredito que em países pobres, a tónica deve incidir na educação para a preservação, dado que a longo prazo trará mais benefícios que o lucro imediato, nomeadamente através do turismo ecológico (não necessáriamente isento de poluição, infelizmente), como sucede no Brasil por ex em determinadas zonas.

Topo